Acervo - O Candeeiro
"A gente produz junto"
BA - CÁRITAS REGIONAL NE3 - Acesso à Água -

O casal, Valdomiro de Jesus Macedo e Marinalva Bastos Macedo, nasceu em uma fazenda da comunidade de Lagoa Dantas, município de Baixa Grande, no Centro Norte da Bahia. Eles contam que “já nasceram da agricultura” e, quando casaram, há 22 anos, deram continuidade ao trabalho iniciado pelos seus familiares.

Ler mais


Família das hortaliças: vivendo por amor a agricultura familiar
RN - FETRAF - Acesso à Água -

A família das hortaliças moram na cidade de Bom Jesus/RN. na terra foram criados e da terra deram continuidade a trajetória da família. As mulheres foram as pioneiras no trabalho com a agricultura, fazendo com que os homens acreditassem que a plantação de hortaliças dava certo para a família.

Ler mais


Feira Gastronômica mulheres as mil: união pela agricultura familiar e artesanato
RN - FETRAF - Acesso à Terra -

A história de mulheres que se uniram pela agricultura e pelo artesanato para conseguir uma melhor renda para a família. Elas utilizam a diversidade do quintal para produzirem doces, bolos, tapioca, entre outros variados produtos. Feira gastronômica mulheres a mil tem a identidade do grupo mais organizado de mulheres na cidade.

Ler mais


Água perto de casa garantindo a segurança alimentar e nutricional da família de Maria Lúcia e Luís Gerônimo
PB - COLETIVO REGIONAL DAS ORGANIZAOES DA AGRICULTURA FAMILIAR - Acesso à Água -

OS agricultores Maria Lúcia e Luís Gerônimo vivem com a filha mais nova no sítio Açudinho, em umbuzeiro - PB. Após a cisterna de produção, do tipo enxurrada, o casal tem água limpa e de qualidade para criar os animais, produzir hortaliças, plantas medicinais e frutíferas, garantindo a segurança alimentar e nutricional da família. Eles também guardam sementes de milho, feijão e jerimum e esperam ansiosamente pela chuva para começar a plantação.

Ler mais


Juventude e produção em família, uma necessidade para manter a vida no campo.
SE - SASAC - Juventude -

Eduardo Leal é um jovem de 25 anos que nos encanta pela sabedoria e o amor à vida no campo. Filho de um casal de camponeses aprendeu a gostar do campo na lida e no fazer diário no pequeno sítio localizado na comunidade Lagoa Grande, município de Simão Dias. A propriedade que começou há 30 anos com meia tarefa, hoje conta com 60. Para ele, a vida no campo tem seus desafios, mas é o melhor lugar do mundo se a pessoa souber viver.

Ler mais


Filtre as publicações

Isso facilitará a sua busca