Acervo - O Candeeiro
‘‘Meus filhos hoje têm um semiárido diferente’’
BA - CÁRITAS REGIONAL NE3 - Acesso à Água -

Neto e filho de agricultores, Jaimilson Rodrigues é um dos exemplos de que o acesso à água possibilita que o povo do semiárido garanta sustento e renda a partir do que a terra dá. A chegada da barragem subterrânea na sua terra, em Morro do Giral (Botuporã) , expandiu seus horizontes e hoje, além de plantar, ele experimenta a criação de porco, ovelha e abelha.

Ler mais


“A terra é uma benção”
BA - CÁRITAS REGIONAL NE3 - Acesso à Água -

Foram quatro migrações para São Paulo por conta dos períodos de estiagem. Hoje, seu Arnaldo e dona Eunice aprenderam a conviver com os desafios do semiárido. No quintal produtivo da família, localizado em Tanque Novo, a 60 km do município de Caetité (BA), frutas, verduras e hortaliças garantem a mesa farta.

Ler mais


quintal de sonhos
PI - CÁRITAS REGIONAL DO PIAUÍ - Quintais Produtivos -

Jacu é uma comunidade tranquila, sem muita assistência do poder municipal, não tem colégio, não tem posto de saúde, e nenhuma outra ação coletiva. Fica localizada a 12 km da cidade de Jaicós. Foi nesta comunidade que encontramos o casal Julião Moisés e Iraci Isabel, pais do pequeno Wesley Julião de 5 anos, que mantém ao redor de sua casa um quintal produtivo, tudo sem veneno e muito bem organizado.

Ler mais


FOCAMPO de Caraúbas: Um instrumento de intervenção social
RN - ATOS - Economia Solidária -

No ano de 2003, a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Caraúbas decidiu criar o Fórum de Articulação das Associações Rurais e de Discussão das Políticas Públicas para o Campo do Município de Caraúbas – FOCAMPO, com a intenção de fortalecer os movimentos sociais do campo a partir das suas organizações de base: as associações comunitárias. Na época, havia 49 associações nas diversas localidades rurais do município.

Ler mais


a cisterna calçadão - alívio para produção e criação
PE - SABIÁ - Acesso à Água -

o casal elias e josefa andrade vive no sítio gavião, município de cumaru, agreste de pernambuco. desde que a família recebeu a cisterna calçadão, em 2015, que a família comemora, porque essa água contribui pra melhorar a produção de alimentos e para sustentar os animais, não sendo necessário dar fim a toda sua criação na fase mais pesada da seca. a família gosta de criar animais, porque contribui para segurança alimentar de todos da família

Ler mais


Filtre as publicações

Isso facilitará a sua busca