Juventude
07.08.2017 PB
III Encontro da Juventude Camponesa do Polo da Borborema debaterá o papel da juventude na conjuntura política brasileira

Voltar


Jovens rurais da região da Borborema (PB) se encontram uma vez por semestre. Nesta semana, também está na pauta o IV Encontro Nacional de Agroecologia | Foto: Arquivo ASPTA

A Comissão de Juventude do Polo da Borborema, uma articulação de 14 sindicatos de trabalhadores rurais da região da Borborema na Paraíba, em parceria com a AS-PTA Agricultura Familiar e Agroecologia, irá reunir um grupo de 150 jovens dos municípios onde atua no III Encontrão da Juventude Camponesa, que acontecerá entre os dias 11 e 13 de agosto, no Hotel Fazenda Day Camp, no Sítio Lucas, em Campina Grande-PB. O objetivo é debater a ação com os jovens rurais nas lutas dos movimentos sociais, o impacto das reformas trabalhista e previdenciária na vida da juventude do campo e promover uma reflexão acerca da realidade brasileira.

O evento terá início na tarde da sexta-feira, dia 11, com a Plenária Polo da Borborema, um Movimento Sindical. À noite haverá oficinas culturais de cordel e xilogravura, instrumentos musicais, teatro e dança regional. No sábado, dia 12, durante todo o dia, acontecerão cinco oficinas técnicas sobre os temas: Sanidade de Pequenas Criações; Beneficiamento do Cuscuz e Empacotamento de Sementes da Paixão; Compostagem e Produção de Caldas; Oficina de Produção de mudas e formas de cultivos e Reuso da água servida.

No final da tarde do sábado, haverá a Plenária Gênero, Diversidade e Sexualidade. O segundo dia de encontro se encerra com um jantar cultural, com uma feira de socialização das atividades desenvolvidas nas oficinas culturais e um forró pé-de-serra. A programação do domingo, dia 13, se inicia com um torneio de futebol e de baleada, nas primeiras horas da manhã, em seguida haverá uma plenária para a socialização oficinas, avaliação e encaminhamentos.

Os Encontrões da Juventude Camponesa acontecem desde o primeiro semestre de 2016 e são realizados a cada seis meses. Os encontros são momentos de formação e articulação da rede de lideranças jovens que atuam no território da Borborema, seja organizando fundos rotativos solidários, jovens feirantes, viveiristas e coletores de sementes. O objetivo do Polo da Borborema é reconhecer e valorizar o trabalho dos jovens agricultores, incentivando a sua permanência no campo e a sucessão no movimento sindical. O evento é ainda um espaço de preparação para o IV Encontro Nacional de Agroecologia, que acontecerá em 2018, em Belo Horizonte-MG. O trabalho com a juventude do Polo da Borborema conta com o apoio das organizações da cooperação internacional Action Aid e terre des hommez schweiz.

Programação

Sexta, 11/08:

14h – Mística, abertura, acordos de convivência, socialização da programação do evento;
15h – Plenária: As lutas dos Movimentos Sociais
17h10 – Encaminhamento para as oficinas culturais e técnicas.
19h10 – Oficinas Culturais
1) Cordel e Xilogravura
2) Musicalidade
3) Teatro
4) Dança Regional

Sábado, 12/08:
8h10 – Oficinas Técnicas
1) Sanidade de Pequenas Criações
2) Beneficiamento do Cuscuz e Empacotamento de sementes da paixão
3) Compostagem e Produção de Caldas
4) Produção de mudas e enxertia
5) Reuso da água servida

13h – Oficinas técnicas
Repetição das oficinas da manhã para outros grupos jovens.
16h – Plenária: Gênero, Diversidade e Sexualidade
19h10 – Jantar Cultural
20h10 – Feira de socialização das atividades desenvolvidas nas oficinas culturais
21h – Forró

Domingo, 13/08:

7h – Torneio de futebol de baleada
9h10 – Plenária socialização oficinas, avaliação e encaminhamentos.
11h – Momento de lazer
13h – Almoço
14h – Retorno para os municípios.